Florianópolis-SC

Florianópolis

“Bem vindo à Ilha da Magia”, é a saudação perfeita para os que chegam a Florianópolis, um dos destinos mais procurados por turistas do mundo inteiro. Diariamente, desembarcam  no Aeroporto e na Rodoviária de Florianópolis, turistas querendo aproveitar o que a Ilha tem para oferecer.

São 436,5 quilômetros quadrados, distribuídos por praias paradisíacas, lagoas, dunas, trilhas e sítios arqueológicos, tudo isso rodeado pela bela Mata Atlântica.

O título de Ilha da Magia, atribuído à capital de Santa Catarina, faz cada vez mais sentido. Ela encanta os turistas que, em sua maioria, acabam sempre retornando a cidade, por conta  das belezas naturais, além da gastronomia de primeiro mundo. Confira os horários de ônibus para Florianópolis e conheça a magia da cidade você também.

Mapa de Ônibus para Florianópolis

Pesquise horários de ônibus para Florianópolis, compare preços e compre a sua passagem de ônibus para Florianópolis na nossa Central de Passagens.

Chegando em Florianópolis

De ônibus: O desembarque é feito na Rodoviária de Florianópolis, conhecida como Terminal Rita Maria, localizado no bairro Centro. Para sair da rodoviária com destino aos bairros principais é só seguir para o terminal de ônibus urbano (TICEN), onde se tem acesso as principais linhas de ônibus urbano da Ilha. Praticamente todos os bairros tem um terminal interligado de ônibus urbano, no qual é identificado por siglas “TICEN” para Terminal de Integração CENTRO , “TILAG” para Terminal de Integração Lagoa, e assim sucessivamente para outras regiões.

De avião: O Aeroporto Hercílio Luz, distante a 11 km do centro da capital catarinense, é o destino de inúmeros vôos que saem das principais capitais do Brasil. O trajeto Aeroporto -Centro pode ser feito através das linhas de ônibus executivos (conhecidos como “Amarelinhos”), ônibus convencional (linha 183 - Corredor Sudoeste), ou de taxi.

Onde Ficar

Ao contrário do que se imagina, a ilha é bem extensa, o que torna muito importante escolher com cautela onde ficar hospedado, a fim de diminuir seu tempo de deslocamento para os pontos turísticos. Muitos hotéis e pousadas estão instalados em diferentes praias, seja no sul, leste ou no norte da ilha por isso, é fundamental se informar e descobrir qual região lhe agrada mais.

Um bairro bastante procurado é a Lagoa, por possuir um comércio bacana e ficar próximo de algumas das praias mais famosas, como Praia Mole e Praia da Joaquina. A noite por ali é uma das melhores da Ilha - um diferencial a mais para quem se hospeda no bairro.

O Centro é outro bairro bem localizado, onde ficam grande parte dos hotéis. O deslocamento a partir do centro é fácil e a opção de transportes bem variada.

Para quem quer se hospedar numa região que tenha praia perto do hotel, Canasvieiras e Ingleses são duas regiões muito procuradas, possuindo diversas opções de hotéis e pousadas pertinho do mar.

Vale lembrar que, em épocas de alta temporada, como Réveillon, Carnaval e férias, a cidade fica cheia e você deve reservar sua hospedagem com antecedência.

Onde ir

O visual por toda a ilha é deslumbrante, com muito verde, trilhas, cachoeiras e locais para a prática de esportes. Há alguns passeios que são muito interessantes, além de ótimas opções para quem visita Floripa.

O deslocamento na ilha se torna mais fácil, se você souber o que vai visitar em cada região. Na região Norte da Ilha de Florianópolis, você encontra praias com o mar calmo e com temperaturas agradáveis, como Jurerê, conhecida pelos badalados Beach Clubs. O bairro está dividido em Jurerê Internacional, com construções grandiosas e inovadoras, e Jurerê Tradicional, com empreendimentos mais simples e discretos. Outras praias que são bastante procuradas no Norte da Ilha, são Canasvieiras, Ingleses e a Praia Brava, esta última, é ponto de encontro dos surfistas, devido ao mar agitado.

No bairro do Centro, entre outras atrações, fica o Museu Victor Meirelles e a Catedral, construída em 1908 em homenagem à Nossa Senhora do Desterro, padroeira da cidade. Ainda no centro histórico, não deixe de visitar o Mercado Público, um bom lugar para degustar algumas iguarias da ilha, como pastel de camarão ou berbigão.

Na parte Leste da Ilha, está localizada a bela Lagoa da Conceição, um dos lugares mais charmosos da cidade. A Lagoa é um ótimo lugar para passear, seja de dia ou a noite, pois além da beleza natural, o bairro tem diversos bares e restaurantes, atraindo sempre muita gente. A Costa da Lagoa é um ótimo lugar para curtir o dia e fazer uma trilha ou um passeio de barco, margeando a costa, com paradas para desembarques nos diversos restaurantes ao longo do trajeto. Ainda na região Leste, encontra-se a Praia da Joaquina, com suas dunas, ondas que enchem os olhos dos amantes do surf.

Já a região do Sul da Ilha, é repleta de caminhos, paisagens mais nativas e possui um ritmo de vida mais pacato. A Ilha do Campeche por exemplo, é um dos mais belos cartões-postais da região sul da Ilha, por possuir uma praia lindíssima, onde você pode fazer caminhadas apreciando um visual paradisíaco.

A Lagoinha do Leste, é uma praia de pequena extensão onde um rio desemboca no mar. A praia é bem preservada e faz parte do Parque Municipal da Lagoinha do Leste, um cenário selvagem e refúgio para quem quer relaxar. O acesso a praia só pode ser feito por meio de trilhas saindo do Pântano do Sul e do costão da praia Matadeiro, esta última, bastante procurada pelos surfistas assim como a praia do Morro das Pedras.

Pertinho dos limites da ilha, a região Serrana, proporciona programas ideais para dias gelados. Cidades como Rancho Queimado, conhecida pelos deliciosos morangos que produz e Santo Amaro da Imperatriz, com suas fontes de águas termais, são destinos perfeitos para quem pretende curtir o frio de maneira aconchegante.

Onde comer

Quando se trata da gastronomia da Ilhéu, a ostra e os demais frutos do mar ganham destaque. Algumas das praias de Floripa disponibilizam uma gastronomia de nível internacional, como são os casos das praias de Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha, que também são os melhores lugares para saborear ostras frescas, cruas e com toques mais requintados.

Com a chegada do inverno a temperatura cai bruscamente na região, o que, de forma alguma, reduz as opções de lazer e aventura. Nesta época, o visitante tem a oportunidade de experimentar a Tainha recém-pescada em praias como Ingleses e Pântano do Sul.

Ao longo da Av. das Rendeiras, no bairro da Lagoa da Conceição, existem vários restaurantes onde se pode comer deliciosos frutos do mar. Outra alternativa para comer frutos de mar seria a região do Canto da Lagoa e na Barra da Lagoa.

Ao atravessarmos a Ponte, em direção a região do continente, o bairro Coqueiros é a Via Gastronômica que, integrada com os bairros Abraão, Itaguaçu e Bom Abrigo, apresenta inúmeros bares e restaurantes espalhados pela orla, que possui vista para a Ilha de Floripa.

Siga @buscaonibus no  Twitter