Salvador-BA

Salvador

Salvador é conhecida como a capital mundial da alegria, da magia e um dos destinos turísticos mais visitados do país por turistas de todos os cantos do mundo. Já no desembarque na Rodoviária de Salvador,  onde diariamente chegam diversos ônibus em Salvador, o visitante pode sentir na pele, a animação da cidade.

Sob o título de primeira capital do Brasil, a cidade tem como principal característica, a miscigenação étnica e cultural. Esta característica, fica evidente nos ritmos musicais, na culinária, nos rituais religiosos e na arquitetura de seus casarões antigos, que hoje, servem de pousadas, hotéis e restaurantes para receber os milhares de turistas que visitam Salvador.

É este clima contagiante e encantador que faz com que todos os anos, turistas retornem  à cidade em busca da descontração e receptividade típicas do povo baiano.

Mapa de Ônibus para Salvador

Pesquise horários de ônibus para Salvador, compare preços e compre a sua passagem de ônibus para Salvador na nossa Central de Passagens.

Chegando em Salvador

De ônibus: A Rodoviária de Salvador - Terminal Rodoviário Armando Viana de Castro - fica numa região central da cidade, em Pernambués. A partir dela, chegam e partem viagens de 19 empresas rodoviárias estaduais e interestaduais para as principais cidades brasileiras. As empresas mais importantes são: Água Branca, Senhor do Bonfim e Itapemirim. Ela também fica próxima ao Shopping Iguatemi, uma região onde passam muitos ônibus urbanos e o transporte é fácil.

De avião: O Aeroporto Internacional de Salvador é moderno e possui uma boa estrutura. Chegando ou saindo do aeroporto, você passará por um bambuzal, que, além de bonito, causa um impacto visual muito legal.

O aeroporto fica nos limites da cidade, próximo a Lauro de Freitas, situado a 28km do centro de Salvador. Para sua mobilidade você pode optar pelo serviço de taxis, localizado na area externa do desembarque ou então, pode utilizar o serviço de ônibus. O ônibus para na porta do Aeroporto e vai até a Praça da Sé, no centro de Salvador.

De Navio: O desembarque é no Porto de Salvador, ele é conectado ao centro da cidade de Salvador pelo centro histórico e está localizado na região da Cidade Baixa. Encontra-se na ponta de uma península que separa a baía de Todos os Santos do Oceano Atlântico. Para a sua mobilidade você pode optar pelo serviço de taxis da cidade, ou então apanhar um ônibus urbano em algum dos pontos localizados na região da cidade baixa, para maiores informações acesse o site oficial do Porto de Salvador.

Onde ficar

Como grande centro turístico que é, Salvador, dispõe de ampla rede de hospedagem, que vai desde hostels a hotéis luxuosos. Os hotéis estão distribuídos por diversos pontos da cidade, com maior concentração entre o Centro Histórico e a Pituba, à beira mar.

O Pelourinho e o Carmo são as regiões mais antigas de Salvador, com grande quantidade de edifícios históricos e casarões. Apesar de ser um lugar próximo a diversos pontos turísticos, é preciso ter certo cuidado ao se hospedar na região.

A Barra é um bairro com opções econômicas, onde é possível pegar transportes para toda parte. Pituba e Rio Vermelho são áreas mais residenciais e com boa estrutura - o comércio é ótimo nessa região e não faltam opções de restaurantes. Na direção Norte ficam os hotéis estilo resort - mais caros, porém com melhor estrutura.

Se você procura um lugar onde a noite é animada, com opções de transportes e praias próximas, o Rio Vermelho é o bairro mais adequado. Mas se a sua ideia é ir a Salvador na alta temporada, planeje e reserve o hotel com antecedência. No Carnaval tudo fica mais caro e é praticamente impossível encontrar quartos vagos em cima da hora.

Onde ir

Seja durante o dia ou à noite, Salvador é uma cidade agradável em todos os sentidos.  Com certeza não lhe faltarão alternativas do que fazer dado que um dos pontos fortes da cidade é a infraestrutura, perfeita para quem gosta de variedade.

Se quiser praias com mais gente, fique pela parte urbana da cidade, mas se você prefere praias mais isoladas, onde o som alto e o barulho ficam para trás, experiemente conhecer Stella Maris ou Flamengo.

Quem gosta de história não pode deixar de começar um roteiro na cidade visitando o Pelourinho. Ele é um centro da cultura africana no Brasil, cheio de museus, igrejas, lojas de artesanato e construções históricas. É um lugar para ir durante o dia e com pique para andar, porque carros não são permitidos.

Se prefere desfrutar da beleza natural da cidade, escolha um dia ensolarado e vá ao Farol da Barra. Atualmente é permitido subir até o farol do forte, para uma visão ainda mais bonita da cidade de Salvador. Tirar algumas fotos lá é obrigatório.

Sem esquecer da cultura religiosa, característica marcante na cidade, não podemos deixar de citar a Igreja do Senhor do Bonfim, famosa pela festa em que ocorre a lavagem de suas escadarias. Nas paredes ao redor da igreja ficam as fitinhas coloridas, tradicionais por serem capazes de tornar os pedidos ao Senhor do Bonfim realidade, vale a pena conferir.

Para quem gosta de curtir a noite, a pedida é dar uma volta pelo Rio Vermelho, o bairro boêmio da cidade, e ver de perto tudo que ele oferece - casas de show, bares, restaurantes.

Onde Comer

Influenciada por diversas culturas, a culinária baiana se destaca pela rica combinação de ingredientes resultando em deliciosas receitas como moqueca, bobó, vatapá, caruru e acarajé. O sabor forte e picante das comidas africanas  e a influência indígena, com o uso da mandioca, regem uma deliciosa experiência culinária, muito bem acompanhada pelos irresistíveis doces portugueses, como o quindim e a ambrosia.

Para comer uma boa moqueca, os bairros do Centro e  Armação possuem excelentes restaurantes tradicionais e sofisticados. Agora, se procura por preços mais acessíveis, os restaurantes da Ribeira são uma boa opção.

Em toda a cidade são muitos os pontos para provar as delícias típicas. O Pelourinho concentra restaurantes tradicionais, e algumas tendas com as especiarias da região.

No bairro Rio Vermelho, durante a noite, as filas são grandes para conseguir os quitutes mais famosos da comida baiana, entre eles, o Acarajé. O bolinho preparado carinhosamente pelas Baianas e recheado com deliciosos ingredientes, é motivo de filas na frente das barracas espalhadas pela cidade. Uma dica importante: quando a Baiana perguntar se quer o bolinho quente ou frio, na verdade está perguntando se quer com pimenta - quente - ou sem pimenta - frio.

Outro point boêmio, que a noite tem uma grande movimentação de pessoas é o Itapuã com os diversos bares, restaurantes, quiosques de baianas fazendo acarajé, o que torna este um bairro festivo.

Siga @buscaonibus no  Twitter